19 de dezembro de 2016

Deterioração cognitiva na ataxia espinocerebelosa tipo 10 (SCA10)


Adriana Moro, Hélio Afonso Ghizoni Teive 


Resumo 
Antecedentes:  
A disfunção cognitiva e psiquiátrica tem sido descrita em várias doenças neurodegenerativas Mas não foi sistematicamente avaliada na ataxia espinocerebelosa tipo 10 (SCA10).  

Objetivo:  
O objetivo do presente estudo foi investigar as principais características cognitivas numa grande coorte de pacientes brasileiros com SCA10, comparando com um grupo de controlo saudável.  

Métodos:  
Vinte e oito indivíduos com SCA10 e 28 indivíduos saudáveis ​​foram prospectivamente avaliados em relação à função cognitiva e transtornos psiquiátricos na Unidade de Transtornos do Movimento da Universidade Federal Do Paraná entre fevereiro de 2012 e outubro de 2014.  

Resultados:  
O grupo com SCA10 apresentou piores resultados referentes à depressão, bem como o desempenho cognitivo, quando comparado a indivíduos saudáveis.  

Conclusão:  
O nosso estudo demonstrou alterações cognitivas e disfunções de humor em pacientes com SCA10, consistentes com os sintomas relatados no Síndrome Afetivo Cognitivo Cerebeloso descrito por Schmahmann JD em 1998. A descrição destas descobertas é um fenómeno clínico importante que pode orientar os médicos no manuseamento específico da doença e melhorar a qualidade de vida destes pacientes. 


(artigo traduzido) 


Fonte: http://v10n4a10.pdf