14 de abril de 2017

Jogadores do Chaves ajudam menina com doença rara


Além dos equipamentos que vão ser leiloados, o clube de Trás-os-Montes colocou à venda rifas sob o mote "Ao comprar uma rifa está a ajudar a Mariana"

Os jogadores do Desportivo de Chaves vão leiloar as suas camisolas, após o jogo da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol frente ao Vitória de Guimarães, no sábado, para ajudar uma menina com uma doença rara.

O valor conseguido com a venda das 18 camisolas, oferecidas pela marca de equipamentos desportivos Lacatoni, será na sua totalidade para a Mariana, uma jovem de 14 anos, natural de Chaves, com a doença de Wilson, uma doença rara, hereditária e hepática.

Além disso, o clube de Trás-os-Montes colocou à venda rifas sob o mote "Ao comprar uma rifa está a ajudar a Mariana" e disponibilizou na sua página oficial o número da conta da jovem (PT50 0035 0249 0006 9995 7303 9) para quem quiser fazer donativos.

A menina tem já debilidades físicas e psicológicas, necessitando de fazer vários tratamentos e, posteriormente, um transplante de fígado.

Durante a conferência de imprensa de antevisão à receção ao Vitória de Guimarães, o treinador do Desportivo de Chaves, Ricardo Soares, apelou a todos para se associarem a esta causa solidária.
"Quando falamos de doenças ou desgraças devemos sempre ser solidários, porque hoje são os outros que sofrem, mas amanhã podemos ser nós, nunca sabemos", disse.

O técnico afirmou que uma "simples ajuda" faz a diferença para a família que sofre e que, neste momento, vive tempos difíceis e de angústia.

O Desportivo de Chaves, oitavo classificado com 36 pontos, e o Vitória de Guimarães, quinto com 50 pontos, defrontam-se no sábado, pelas 16:00, em Chaves, num jogo que será arbitrado por Artur Soares Dias, da Associação de Futebol do Porto.

Fonte da Noticia: AQUI