1 de agosto de 2016

Quais são os sintomas da ataxia?

  
A ataxia refere-se a uma falta de coordenação. No corpo, isto significa uma incapacidade de controlar totalmente o movimento muscular. As pessoas afetadas pela ataxia são incapazes de equilibrar os seus corpos e têm problemas com a coordenação, a marcha, e ações como sentarestar de pé e andar. A ataxia pode afetar pessoas de todas as idades e pode ser atribuída a várias causas, que vão desde doenças autoimunes e mutações genéticas hereditárias até mesmo um ferimento na cabeça. Usados de forma independente ou em conjunto, os tratamentos holísticos que envolvem Ayurveda, fisioterapia, e até mesmo a prática de jogos pode ajudar a tratar os sintomas da ataxia. 

Muitos de nós tomam o processo de simplesmente mover os nossos corpos como garantido. No entanto, mesmo um pequeno movimento como mover um braço é um processo complexo: Em primeiro lugar, um sinal é gerado e transmitido a partir do cérebro. Este sinal viaja através da medula espinal para os nervos no braço. Esses nervos em seguida, enviam uma "mensagem" para os músculos do braço se moverem. Como se pode ver, existem vários níveis em que esta transmissão do sinal pode falhar - e isto é o que acontec0e na ataxia. 
A ataxia refere-se a uma falta de coordenação. No corpo, isto significa uma incapacidade de controlar totalmente o movimento muscular. As pessoas afetadas pela ataxia são incapazes de equilibrar os seus corpos e000 têm problemas com a coordenação, a marcha, e ações como sentarestar de pé e andar. 
Uma condição neurológica que pode afetar uma ou mais partes do sistema nervoso, ataxia tem uma ampla variedade de sintomas. Ela pode afetar as pernas, braços, dedos, mãos e olhos em pessoas de todas as idades, e é frequentemente associada a mutações hereditárias genéticas, doenças autoimunes, e tipos específicos de lesões. Com base na área da lesão, a ataxia é classificada em três tipos, cada um exibindo sintomas ligeiramente diferentes. 

Ataxia cerebelosa 
O cerebelo é a parte do cérebro que controla os movimentos. Se já bebeu muitas doses de uísque, conhece a instabilidade que impede de andar em linha reta - é o cerebelo temporariamente inibido pelo álcool. Na ataxia, dependendo de qual parte do cerebelo é afetado, os sintomas incluem marcha instável, perda de controlo sobre os movimentos oculares, perda de equilíbrio do corpo e, em alguns casos, a perda de controlo sobre como braços e pernas se movem, mesmo enquanto sentado. As pessoas que sofrem de ataxia cerebelosa queixam-se frequentemente de um medo de cair. 

Ataxia sensorial 
Em contraste, ataxia sensorial não tem nada a ver com o cerebelo. Em vez disso, é causada pelo mau funcionamento dos nervos na medula espinhal. As pessoas com essa condição andam muitas vezes com "saltos pesados", batendo os pés no chão, pois são incapazes de medir a posição dos pés contra o chão. Também muitas vezes têm dificuldade para manter a sua postura quando os olhos estão fechados. 

Ataxia vestibular  
Curiosamente, esta forma tem muito pouco a ver com o cérebro ou a medula espinhal. ataxia vestibular afeta o sistema de equilíbrio embutido dentro do ouvido e é muitas vezes devido a uma infeção ou algum outro tipo de lesão no ouvido. O sintoma mais comum é a vertigem, uma doença em que se é incapaz de encontrar o equilíbrio em qualquer posição. As pessoas afetadas pela ataxia vestibular muitas vezes sentem-se como se o mundo estivesse girando rapidamente em torno deles. 

Quando é que a ataxia pode atacar? 
Dado que a ataxia é uma condição neurológica tão diversificada, as suas causas e sintomas podem variar entre os diferentes grupos etários. A causa mais comum de ataxia em crianças é uma queda grave ou concussão, enquanto que as pessoas mais velhas podem sofrer ataxia por causa da degeneração nervosa. 
Se a criança sofreu uma queda grave, é importante verificar com o médico, a fim de descartar lesões cerebrais. Além de lesões, a ataxia em crianças também pode ser causada por uma infeção do cérebro ou mesmo um derrame em alguns casos. Quaisquer mudanças bruscas na marcha devem sempre ser comunicadas ao médico. Se o tónus ​​muscular não é a causa dos problemas de movimento, é importante certificar-se de que a criança seja avaliada para a ataxia. 
Os adultos saudáveis ​​podem desenvolver ataxia, como resultado de um ferimento na cabeça ou uma hemorragia. Um tipo chamado ataxia temporária também se pode desenvolver em adultos que bebem demais, manifestando-se como uma perda de coordenação e uma ressaca. Também é importante notar que o álcool, em geral, mata algumas células no cerebelo, então quanto mais bebe, mais grave a ataxia pode ser. 
Em adultos mais velhos, ataxia é muitas vezes diagnosticada após uma queda particularmente séria que possa acontecer sem motivo aparente. Movimentos oculares descontrolados, doença de Parkinson e perda de audição - sintomas normalmente associados à idade avançada - muitas vezes desenvolvem-se simultaneamente. Alguns pacientes idosos podem beneficiar de cirurgia, dependendo da causa da ataxia, por isso é importante que até mesmo as pequenas alterações nos movimentos sejam verificadas por um médico. 

Tratar a ataxia 
O primeiro passo para qualquer tratamento bem-sucedido é um diagnóstico correto, que é por isso que é tão importante consultar um médico se começar a exibir sintomas. Uma perda de equilíbrio do corpo pode ser rapidamente percebido por adultos, mas não por crianças. Dependendo da causa raiz, uma abordagem global pode ser útil no tratamento da ataxia. Em Ayurveda, um tratamento chamado Panchakarma, um procedimento de limpeza de cinco vezes usando massagem e óleos de ervas, tem demonstrado melhorar os sintomas em cerca de duas semanas. O treino de coordenação e a fisioterapia podem ajudar a melhorar os sintomas em casos de ataxia cerebelosa. 
Uma vez que pode ser difícil manter as crianças envolvidas na fisioterapia, há outra maneira de aliviar os seus sintomas - jogando jogos de vídeo! Um estudo descobriu que os jogos de vídeo que envolvam a coordenação de todo o corpo poderiam tomar o lugar da fisioterapia coordenativa e melhorar significativamente os sintomas da ataxia. 


(artigo traduzido)